EMBRIONÁRIA

Uterina, aplacento-me de minha própria companhia.
Renasço a cada dia a abraçar, em frio, o meu calor.
Mergulho fundo no que o destino reservar:
Destemor. Amamento o momento de agora.
Por dentro, sorrio. Aborto quem de fora se deixar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s